Obrigado, Gal Gadot!

Obrigado mesmo.

Sou fã da Mulher-Maravilha porque ela é muito mais completa que muito super por aí. Não é paranoica, não fica remoendo o passado, não fica explorando mais suas fraquezas que suas virtudes. Apesar disso tudo, sempre foi mal tratada pela editora, pelo editorial, por fãs até.

E aí você chega, totalmente criticada por pesar menos que meu cachorro depois de uma ida na churrascaria, e prova que todos estavam errados. Rouba a cena na sua primeira aparição. Apesar de muitos criticarem o filme, ninguém te criticou.

Veio, então, seu filme. O filme em que você protagoniza interpretando Diana, a Mulher-Maravilha.

A Mulher-Maravilha que é uma guerreira feroz, forte, sagaz, com táticas de combate, com vontade e determinação. A Mulher-Maravilha que não se iguala aos homens ao redor porque tem mais coragem que todos eles juntos. A Mulher-Maravilha cujo sorriso faz tudo ficar mais tranquilo, cuja voz acalma a mais amargurada das almas, cujo rosto faz você se apaixonar.

Mas não é um apaixonar leviano. É um apaixonar de você se perguntar se aquela pessoa existe mesmo.

Seja jogando o laço e enfrentando soldados, seja estando determinada a cumprir seu destino para proteger pessoas que nunca conheceu… eu vi a Mulher-Maravilha no filme.

Claro que muito se deve à diretora. Patty Jenkins foi impescindível, com mão firme e direção focada, conseguindo algo que a DC Films ainda não havia conseguido. Todos os outros filmes tentaram ser muitas coisas e não conseguiram. Mulher-Maravilha quis apenas contar a origem da heroína, ao mesmo tempo que nos permitir entender quão apaixonante a personagem é. E conseguiu. E todos saíram das salas de cinema dizendo a mesma coisa:

OBRIGADO, GAL GADOT!

Peço desculpas pelas análises frias que fiz. Fã é uma droga. Fandom é um veneno. Veneno esse que você não bebeu, mas se preparou e foi pra batalha. Uma batalha maior que a da própria personagem! E venceu! Mostrou que filmes focados em personagens femininas de quadrinhos não só é algo possível como bem lucrativo (algo que importa tanto ensses tempos). Mostrou que pode se ter doçura e músculos ao mesmo tempo. Mostrou que uma das personagens mais importantes da mitologia moderna pode e deve ser respeitada.

Batman e Superman possuem um histórico de tentativas e erros. Christian Bale, George Clooney, Brandon Routh… Mulher-Maravilha só teve, oficialmente, duas. E as duas são nota 10.

Vejo minha sobrinha me perguntando como faz para ficar igual à Mulher-Maravilha, e isso me deixa contente. Que ela tenha mais modelos e exemplos! E que tenha mais filmes que possam empolgar assim!

Obrigado, Gal Gadot.

One thought on “Obrigado, Gal Gadot!

  1. A Mulher Maravilha é realmente linda. Mas o filme foi feito de uma forma relaxada… o filme finge,dá uma impressão que ela é inocente e meiga. E á uma cena que ela nem sabe o que é um pênis mostrando que ela é “inocente” e em “seguida!!!!”(não foi no final do filme) ela chama o cara para se deitar com ela. Ahhh?

    Minha opinião sob o filme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *